Adriano Antonio Pereira
O coração que carrega
CapaCapa TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Socorro ao poema, a sua fala no mundo

imagem: Herm / Pixabay


Um poema é um bicho que fala,
resvala sua luz,
toca a sua alma.

Uma poesia
nada seria na escuridão se
sensível não tocasse um coração
nem arrepiasse a pele da humanidade.

Mas há um detalhe na atenção
do leitor que se choca quando
a poesia brota
e acende o intenso sentir.

Para que fingir, então, quando
o poema não é valorizado,
contemplado nas esquinas
ou nas grandes reuniões?

De nada valeria
tanta discussão se
a poesia não bailasse
com a sutilidade da canção.

Nem sei como nasceria
a fala na poesia:
do poema mudo permaneço surdo,
consternado com as mesmices deste mundo.
Adriano Antonio Pereira
Enviado por Adriano Antonio Pereira em 05/01/2018
Alterado em 05/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários